Os dois vilões que acabam com a sua produtividade

Essa é com toda certeza a palavra dos últimos anos: produtividade. Praticamente todo o nosso foco está em realizar tarefas, atividades, sonhos de forma produtiva. Essa é a era do conhecimento, e,  para que você seja ” o melhor” é preciso fazer mais em menos tempo, saber mais em menos tempo etc. E sim, ficamos frustados quando procrastinamos e deixamos as coisas acumular, parece que somos obrigados a ser produtivo, e isso é normal, todos sentimos isso.

Hoje, eu poderia falar para você que procura ser mais produtivo, tudo que você deve fazer e olha que são várias coisas. Porém, eu já fiz um post sobre isso e você encontra milhares de videos no youtube sobre técnicas e “coisas” que você deve fazer. Portanto, hoje eu vim trazer o que você não deve fazer e os vilões que eu conheci nesse “mundo da produtividade” que faz com que a maioria das pessoas não sejam produtivas.

Vou apresenta-los por tópicos e vou dar dicas para você acabar de uma vez por todas com eles.

Vilão 1: procrastinação

Esse com certeza vocês já conhecem e muito se fala nele. É a incrível arte de deixar para fazer depois o que você precisa fazer hoje. E é claro que como tudo nesse mundo de produtividade, organização e crescimento pessoal, não é algo que se muda da noite para o dia. Já fiz um post aqui sobre como evitar a procrastinação, mas como ele é antigo e eu aprendi coisas novas, vou atualiza-lo nesse tópico.

No momento, o que me faz não procrastinar é a minha ansiedade. E sim, ela pode ser usada de forma positiva. Muito se fala na ansiedade como algo ruim, que nos faz mal, mas você já tentou mudar a “chavezinha” e utiliza-la para algo bom? Quando tenho alguma tarefa para fazer, a minha ansiedade já bate dizendo que eu preciso fazer aquilo o mais rápido possível por que eu tenho que ficar mais tranquila depois e eu vou ficar nervosa de fazer em cima da hora. Sim, depois de muito treino eu consigo utilizar a minha ansiedade (que nunca vai embora) para algo positivo. Portanto a minha primeira dica para acabar com a procrastinação é use a ansiedade de forma positiva.

Após algum tempo pesquisando sobre técnicas para evitar a procrastinação, eu descobri outra coisa que me faz não procrastinar. Eu tenho muita vontade de ser “a melhor”. E não em questão de ser melhor que as pessoas, isso nunca. Eu quero ser a melhor versão de mim, a melhor funcionária, a melhor aluna, a melhor filha, a melhor namorada. E eu sei que para que isso aconteça eu tenho que fazer coisas que outras pessoas não fazem. Por isso eu estudo no domingo, trabalho até mais tarde, faço mais atividades. Portanto, a minha segunda dica para acabar com a procrastinação é tente ser a sua melhor versão.  Eu sei que essas duas dicas não são formulas mágicas, porém, para mim foram muito eficazes e diminuíram muito a minha procrastinação.

Vilão 2: perfeccionismo

Para mim esse vilão é o pior. Desde pequena fui muito perfeccionista, tudo tinha que estar na melhor condição, da melhor forma, perfeito. Eu nunca aceitei tirar notas abaixo do que eu esperava, ou fazer uma tarefa que não ficou tão boa assim. Com os anos eu fui aprendendo que somos seres imperfeitos, e que NADA nessa vida vai ser perfeito. O perfeccionismo mata a produtividade de uma forma que você não imaginam. Quando você quer fazer um trabalho perfeito você fica muito tempo batendo a cabeça para fazer, sendo que nem precisa despender tanto tempo para isso. É claro que você vai fazer o melhor que pode, mas ele vai ter erros e as vezes não vai ser o melhor. Tentar ser perfeito nas atividades faz você perder muito tempo e colocar energia nos detalhes que não são importantes.

Admito que levei um bom tempo para entender que alguns defeitos são importantes. É importante você não ser tão bom em matemática, pois assim você tem oportunidade todos os dias ser melhor nisso. É importante você não ir bem na prova, pois assim você aprende com os seus erros e na próxima você se supera. Essas pequenas vitórias de melhorar aos poucos os nossos defeitos fazem a vida ser incrível. Que graça teria se você não tivesse nada para melhor? Sendo assim, a primeira dica para diminuir o perfeccionismo é aceitar que você vai errar.

Na escola somos ensinamos a cultura da competição. Quem nunca ficou com medo de não ser bom para ser adulto, ter sua casa e pagar a suas contas, pois você não ia bem em química? Eu tinha muito medo de não ser boa na vida pois as vezes ia mal na escola e os meus colegas não. Essa cultura de competir com as pessoas relacionado ao perfeccionismo acabam com a nossa capacidade de produção. Me diga, quem conseguiria fazer um relatório competindo com o colega do lado para ver quem faz mais rápido, e ao mesmo tempo, tentando faze-lo perfeitamente? Não, você não vai perder a sua vaga no emprego por que o seu colega fez um relatório melhor. Você não precisa ser melhor que ele, você precisa ser o seu melhor. Desta maneira, a minha segunda dica para evitar o perfeccionismo é evite a competição entrelaçada com a perfeição.

Mas o que isso tem haver com produtividade?

Produtividade, para mim, não é só produzir mais em menos tempo. Esse conceito de fazer mais e mais nos leva de volta a era de Ford. Produtividade deve estar entrelaçada com o estado de espirito das pessoas. Não é a luz, a água, musicas relaxantes, boa noite de sono que vai te tornar produtivo. Você deve estar equilibrado de corpo e de alma para que as suas tarefas e sonhos sejam realizados. Muitas vezes, uma “mudança de chavezinha” na cabeça nos torna muito produtivos.

Contudo isso dito, espero que você possa entender que o mais importante não é somente PRODUZIR.  Suas atividades devem estar alinhadas ao seu proposito de vida e ao seus gostos. E não digo que você vai fazer só coisas que gosta, mas procure achar algo naquela atividade que você não gosta que te mova. Garanto que pensando de maneira diferente, você se tornará mais produtivo.

Este é o post dessa semana, espero que você tenha gostado. Deixe nos comentários quais são as dicas que você usa para aumentar a sua produtividade!!

Com amor ♥

Mile

 

 

Gostou? compartilhe com seu amigos!

O que achou das dicas? Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *