Minha experiência com o 5am Club

Quem me acompanhou nos stories do instagram nos últimos dias sabe que eu estava tentando participar do 5am club. Para quem não sabe sobre o que se trata, o 5am club é um estilo de vida que sugere que se acorde antes que a maioria das pessoas para produzir mais, tendo em vista que muitos estudo apontam o horário das 5h ás 8h como sendo as que você é mais produtivo. Eu havia lido a alguns dias atras sobre o beneficio de se acordar nesse horário, e como sou uma pessoa curiosa resolvi experimentar. Iniciei o desafio após ver os videos da Dóris Baumer, onde ela conta como foi a experiência dela e como isso melhora o dia a dia, porém, eu não tive uma experiência muito boa – infelizmente.

No dia 21/04 foi o primeiro dia que acordei as 5h da manhã, e inicialmente a preguiça bateu muito forte mas me mantive em pé o dia todo. Quem visualizou os meus stories desse dia perceberam que eu estava bem decepcionada com o meu rendimento – que era para ser maior- mas que infelizmente só rendeu em preguiça, falta de foco e pouca coisa para fazer. Nesse dia eu não tirei nenhum cochilo ou afins, estava determinada em ver se realmente aguentaria um dia todo, e bom, eu aguentei. Acabei não fazendo o 5am club no domingo, mas acordei novamente ás 5h na segunda.

Vocês sabem que eu trabalho manhã e tarde e faço a faculdade a noite, além do curso de inglês, portanto a rotina é bem corrida, mas consegui segurar o sono durante todo o dia até a meia noite. Porém, na terça-feira, quando o despertador tocou ás 5h meu corpo estava pedindo socorro. Havia dormido somente 5 horas, o corpo doía, a cabeça latejava e mal conseguia ficar de pé, decidi dormir até ás 6h30min. O resto da semana, aconteceu o mesmo fato, não conseguia acordar mais naquele horário.

Algumas coisas não foram feitas para dar certo em certas rotinas, e ponto. Eu acho incrível pessoas que conseguem fazer o 5am club e se mantem dispostas, mas eu realmente não consegui, e decidi não arriscar a minha saúde para ser “mais produtiva”.

Para quem está pensando em aderir a esse estilo de vida, é valido analisar alguns pontos:

  • Você vai dormir o tanto de horas suficiente?
  • Você realmente tem muitas coisas que devem ser resolvidas nesse horário?
  • Seu corpo aguenta dormir poucas horas?
  • Você quer ser mais produtivo ou somente aderir a algo que está na moda?

O 5am Club é realmente um hábito muito bacana e que certamente traz muitos benefícios, porém, ele não deve ser feito como uma forma de cobrança para que você seja “mais” ou produza “mais”, ele é um estilo de vida. Nós sabemos que a cobrança de produzir mais, de ser melhor, de estar na frente dos outros está sempre pressionando as nossas vidas, mas não devemos deixar que isso afeta a nossa saúde e domine os nossos pensamentos.

Você pode ser produtivo acordando ás 5h, ás 8h ou ás 10h, ser produtivo está ligado a organização, a bem estar físico e mental, a planejamento e a analise constante do que é importante realmente. Não deixe que a pressão da “produtividade máxima” afete a sua vida a ponto de você se prejudicar.

Aos que fazem o 5am Club, admiro muito vocês e um dia, quando eu puder ir dormir mais cedo e ter uma vida mais organizada e tranquila, pretendo tentar novamente, até lá sigo acordando ás 6h30min, conseguindo conciliar trabalho, faculdade, inglês, casa, namorado e família, e principalmente o cuidado físico e emocional com o maior companheiro de viagem da minha vida, eu mesma.

Espero que esse post possa ter inspirados vocês a tentarem o 5am Club, ou até mesmo, tenha tirado aquele “mostro” da produtividade máxima que fica nas nossas cabeças.

Um grande abraço, e um ótimo final de semana para todos nós!

 

Gostou? compartilhe com seu amigos!

O que achou das dicas? Deixe seu comentário